Bem vindo Domingo, 24 de Setembro de 2017
Larissa Galatti - Doutoranda - UNICAMP - SP
 
O ESTUDO DAS REGRAS DO BASQUETEBOL
       Tempo de jogo:

       - Oficialmente, o basquetebol é jogado em 4 tempos de 10 minutos cada.
       - A equipe de posse da bola tem 8 segundos para passar da meia quadra de defesa para a meia quadra de ataque e o total de 24 segundos para concluir um ataque.
       - Um jogador pode ficar 5 segundos de posse da bola sem driblar, sendo também 5 segundos o tempo para cobrar um lateral ou lance-livre. O tempo máximo para um atacante permanecer na área restritiva (garrafão) é de 3 segundos.
       - Após passar para o campo de ataque, a equipe atacante não pode mais levar a bola à quadra de defesa.
       - Linhas: no basquete, linha é fora; portanto, se a bola ou o jogador passar pelas linhas laterais ou de fundo, a posse de bola será do adversário.
       - Um jogador de posse da bola só pode movimentar-se com a mesma driblando, não podendo andar com a bola na mão, nem mesmo conduzi-la durante o drible. Aliás, se um jogador estiver driblando parar e segurar a bola, ele não poderá voltar a bater bola, tendo como opções passar a bola para um companheiro ou arremessar para a cesta.
       - A única situação na qual um jogador pode dar dois passos com a bola na mão é na execução da bandeja:
       - Não é permitido ao jogador pular com a bola na mão e retornar ao solo com a mesma.
       - Faltas: existem 5 tipos de faltas:

       PESSOAL: contato ilegal fora do ato de arremesso ou no ato de arremesso.
       TÉCNICA: atitude antidesportiva de um atleta em quadra ou membro do banco.
       ANTIDESPORTIVA: falta pessoal grave cometida por um jogador em quadra.
       DESQUALIFICANTE: falta agressiva física ou moralmente.
       DUPLA: quando dois adversários cometem a falta ao mesmo tempo.




PENSE NISSO

       As regras esportivas são determinadas por uma entidade superior para que todos joguem da mesma forma, possibilitando as competições.
       Mas será que essas regras não podem ser modificadas quando jogamos entre amigos?

       Experimente: organize, com o seu professor, um tribunal para discussão das regras do basquete. Será necessário um júri, e duas equipes: uma defendendo as regras e outra contra as regras. O júri determina o vencedor.


       Aproveite: já que as regras foram discutidas, aproveite para montar novas regras para a sua turma de basquete, para o jogo e para o funcionamento das aulas.
       Por exemplo:
       - no início, quando um aluno novo começa nas aulas e ainda não tem muita habilidade ou não conhece bem as regras, ele não perderá a bola se cometer alguma violação.
       - Usar colares, brincos de argola ou bonés podem ser proibidos, evitando acidentes.
 
 
Pedagogia do Basquete 2008 - Todos os direitos Reservados - Desenvolvido por Oliver Media